quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Minha Canção - Poemas

Dorme a cidade
Resta um coração
Misterioso
Faz uma ilusão
Soletra um verso
Larga a melodia
Siceramente
Dolorosamente
Doce a música
Silenciosa
Larga o meu peito
Solta-se no espaço
Faz-se certeza
Minha Canção
Réstia de luz onde
Dorme o meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário